Buscar
  • Sdc Produções

OS FILHOS DE GASPAR KUNDERA



O ano de 1989, sem dúvidas, é um dos mais significativos de minha vida.


Na escola fiz alguns dos melhores amigos que já tive, me apaixonei platonicamente por uma menina que ainda tenho contato, o carnaval foi o melhor que vi com dois dos maiores desfiles de escolas de samba da história e a União da Ilha brilhando. Na música canções e artistas maravilhosos davam seus shows, a primeira eleição democrática em 25 anos com o histórico embate Collor x Lula. Tantas coisas ocorrendo e com as novelas não poderia ser diferentes.


Tinha Tieta que se tornou um clássico da televisão, a anárquica e revolucionária Que rei sou eu? Mas ali a novela que marcou toda uma geração foi outra.


Quem não queria ser filho de Gaspar Kundera? Isso que todos falavam nas escolas, ruas, praias, onde tivesse jovens. Gaspar Kundera era o personagem de Nuno Leal Maia pai de cinco filhos, gente boa, surfista que morava na beira da praia da novela Top Model. A novela que contava a história de uma moça bonita chamada Duda que virou modelo e um grafiteiro chamado Lucas, fugitivo da polícia após se envolver em um assalto que terminou em morte.

A novela foi um gigantesco sucesso com grandes atuações, trilha sonora histórica e até hoje está na mente de muitos quarentões.


Quarentões como eu que tive a oportunidade de encontra-la no Globoplay. Por curiosidade, memória afetiva quis assistir um capítulo, acabei assistindo os 198 nos últimos 4 meses. Relembrei a história, relembrei emoções, relembrei minha vida.


Porque acaba envolvendo não apenas a memória afetiva em relação a novela, mas a tudo que foi vivido naquela época e dá uma saudade imensa já que não tem fase mais importante na vida de um ser humano que a infância, ainda mais a infância virando adolescência.


Matei a saudade. Saudade da história, dos personagens (como não amar Gaspar Kundera, Ringo Star e Alex Junior?), rever algumas coisas, mudar algumas posições como achar hoje que o personagem Arthur de Jonas Torres é um idiota, que na verdade o Lucas tinha que ficar com a Giulia, não com a Duda porque Duda e Lucas juntos eram chatos, ver como eram divertidos os personagens de Evandro Mesquita e Eva Todor e a atuação brilhante teve Cecil Thiré. Rever muitos atores bacanas que já partiram e perceber como a Susy Rêgo era bonita, pra mim na novela mais até que Malu Mader.


A novela acabou e ficou um vazio. Bateu saudade dos personagens, das músicas, da história (que não é perfeita, tem momentos fracos, mas quem liga?), mas a vantagem é que posso ouvir as músicas na hora que quiser pelo Spotfy ou Youtube. Posso acompanhar os atores e atrizes pelo Instagram e na hora que quiser rever posso ligar o Globoplay e assistir.

O tempo trás mudanças em nossas vidas, novas reflexões, mas não é capaz de matar a criança que existe em nós, mesmo que ela cresça.


Mesmo que em vez de querer ser filho do Gaspar hoje quisesse ser o Gaspar.




8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo